Virgem ou ExtraVirgem?

Saiba identificar as principais diferenças

azeite virgem ou azeite extravirgem

Você tem dúvidas na hora de escolher o seu azeite? Não sabe se o melhor é o virgem ou o extravirgem? Pois, fique tranquilo! Essa é também a dúvida de muitas pessoas no momento da compra. Nesse texto, vamos te explicar quais são as principais diferenças entre esses dois tipos de azeite e ajudá-lo a definir a melhor escolha.

Entenda o como funciona a acidez

A matéria-prima de todos os azeites é a azeitona. No entanto, o que os diferencia são os processos de refinamento, definindo o teor de acidez de cada um deles. Está aí a grande diferença entre os tipos virgem e extravirgem. O extravirgem é o de menor acidez (1g de componentes ácidos a cada 100g da especiaria) e o virgem, o mais ácido (sua acidez varia entre 1,5g/100g e 3g/100g).

Isso acontece devido ao processo de produção de cada um dos azeites. A geografia do olival, tipo de azeitona, procedência… diversos fatores que influenciam no produto final. Médicos e nutricionistas costumam indicar o extravirgem, já que esse óleo possui substâncias que combatem o colesterol ruim, afastando o risco de diabetes e doenças cardíacas.

Mas, como usar cada tipo?

Apesar do extravirgem ser considerado o azeite mais saudável, há utilizações específicas para cada um dos tipos:

  • Azeite extravirgem: possui o sabor e aroma mais acentuado e maior grau de pureza, com a maior quantidade de antioxidantes. É recomendado para o uso em alimentos que não vão ao fogo, como saladas, pães, queijos e outros petiscos. Se aquecermos esse óleo, ele perde algumas das suas propriedades benéficas, aquelas que fazem deste o azeite mais saudável.

  • Azeite virgem: obtido da segunda ou terceira prensagem das azeitonas. É a melhor opção para pratos quentes. Apesar de ser um pouco mais ácido, quando aquecido, seu aroma é ressaltado e o sabor se torna mais adocicado.

E quanto ao preço. O barato acaba saindo mais caro?

Nos mercados, padarias e outros estabelecimentos, é possível encontrar o azeite virgem com um valor um pouco menor do que o extravirgem. No entanto, a diferença não é tão grande, o importante é escolher o azeite certo para determinado uso.

Principais Benefícios do Azeite para a Saúde

Um bom azeite, além de ser delicioso e provocar sorrisos no rosto de quem o prova, elevando a autoestima e prevenindo rugas, traz comprovadamente inúmeros benefícios para a saúde. Conheça alguns deles:

  • Contribui para redução dos triglicerídeos e aumento do HDL colesterol
  • Melhora a sensibilidade e resistência à insulina
  • O uso moderado de gorduras monoinsaturadas também tem efeito positivo na redução da pressão arterial
  • Redução de risco cardiovascular
  • Excelente ação para o bom funcionamento intestinal
  • Prevenção do envelhecimento celular
  • Combate aos radicais livres
  • Retardo da perda de massa óssea

Agora que você já sabe tudo sobre a utilização do azeite para cozinhar, vou te apresentar o azeite de oliva extravirgem DuIdálio.

Tudo o que você tem que fazer é clicar nesse link abaixo e fazer seu cadastro para receber este pdf (COMO ESCOLHER UM BOM AZEITE + 12 receitas).

Azeite de oliva extra virgem Du Idálio

Categorias: Artigo

0 comentário

Deixe uma resposta

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *